Nos pênaltis, Fluminense perde do PSV Eindhoven na Florida Cup

Depois de uma semana conturbada, com brigas na Justiça e saídas polêmicas de jogadores, o torcedor do Fluminense pôde ver, enfim, o time em ação no Spectrum Stadium, pelo Torneio da Flórida.

O Tricolor viu o PSV, líder do campeonato holandês, abrir o placar no 1º tempo com Lammers, mas arrancou o empate no fim da 2ª etapa com Robinho. O ponto extra, no entanto, acabou escapando na disputa por pênaltis. Romarinho foi o único que desperdiçou a cobrança.

O Rangers, da Escócia, lidera o Torneio da Flórida com 3 pontos em um jogo, ao lado do PSV, que tem a mesma pontuação em duas partidas. O Corinthians vem em seguida com dois pontos em um jogo (empate, mais vitória nos pênaltis). O Flu é o quarto colocado, com um.

Oito times participam da competição. Cada um joga duas partidas. Em caso de empate, há disputa de pênaltis que dá um ponto extra ao vencedor. Quem somar mais pontos é campeão. Em caso de igualdade, o saldo de gols é critério de desempate.

Com a nova formação de 3-5-2, o Fluminense aguardou, recuado o PSV em seu campo no começo, e chegou a ficar com uma linha de cinco na defesa. O time holandês tinha o domínio do jogo e quase abriu o placar aos 11 minutos e ainda chegou mais algumas vezes com perigo até abrir o placar com golaço de Lammers.

A segunda etapa foi de muitas substituições e pouca bola rolando. O PSV chegou a ameaçar aos 13 com Lundqvist, e o Flu quase igualou aos 36, em boa jogada de Matheus Alessandro. Quando a partida rumava para a vitória dos holandeses, Robinho igualou o placar e levou para os pênaltis.

Comente através do Facebook

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *